MAS… QUE GRAÇA!

Ando bastante esperançosa. Tenho uma vida boa. Desde que os grandes tumultos interiores foram se acomodando, me percebo com maior alegria de viver.

Gostaria de ter conseguido assimilar a graça de Deus anteriormente. Vivi anos a fio olhando para a graça sem compreender que poderia abraçá-la e incorporá-la plenamente. Sofri todos os horrores e infernos de […]