Ateus lucram em cima da crença alheia nos EUA

1 de março de 2010

Lá se vai aquele falso verniz de “honestidade intelectual” que os ateus tanto pregam…

Um grupo de ateus nos Estados Unidos criou um serviço ideal para religiosos que acreditam no arrebatamento: eles se oferecem para cuidar dos bichos de estimação dos religiosos em troca de uma pequena taxa.

Todos os ateus registrados no site Eternal Earth-Bound Pets são pecadores e blasfemos confessos, garantindo que serão deixados para trás quando os escolhidos forem selecionados.

O modelo de negócio é uma tentativa de lucrar às custas da crença — espalhada entre os cristãos americanos — de que os pios serão carregados ao paraíso por Deus em um arrebatamento repentino, deixando descrentes para sobreviver a sete anos no reino do anti-Cristo na Terra,
“Você dedicou sua vida a Jesus. Você sabe que será salvo. Mas quando o arrebatamento vier, o que acontecerá com seus amados bichos de estimação que serão deixados para trás?”, pergunta o site do grupo.

“Eternal Earth-Bound Pets tira esse peso da sua consciência.”

Por 110 dólares, a firma promete cuidar pela vida toda de quase todos os bichos de estimação domésticos se seus donos forem transportados para o paraíso dentro dos próximos dez anos.

A oferta pode soar forçada ou até mesmo provocativa, mas o grupo insiste que não é brincadeira. Ele alega que possui uma rede de ateus amantes de animais espalhados por 20 estados para garantir velocidade e cuidado animal no local quando o arrebatamento ocorrer, e estabeleceu uma conta no Paypal para receber assinaturas.

Os fundadores também garantem aos crentes que seus animais irão desfrutar de uma excelente qualidade de vida: “Todos os animais viverão em casas amáveis, não em um canil ou oficina de animais.”

E enquanto a companhia promete que todos os ateus cuidadores sejam pessoas morais com ficha criminal limpa, afirma que eles não são tão santos.

“Cada um de nossos representantes afirmou para nós por escrito que eles são ateus, não acreditam em Deus nem em Jesus, e que eles blasfemaram de acordo com Marcos 3:29, negando qualquer chance de salvação”, afirma o website.

Mas os consumidores em potencial são advertidos a lerem os termos e condições antes de abrir mão de US$ 110,00; se o assunante perder sua fé ou não for arrebatado em 10 anos, eles não poderão receber um reembolso.
Tradução de Telegraph.co.uk

Share

Um comentário em “Ateus lucram em cima da crença alheia nos EUA

  1. Realmente é uma forma bem provocante de ganhar dinheiro ^^
    O fato de isso ocorrer pode parecer realmente desrrespeitoso, mas quantos irão acabar optando por tal serviço?
    De alguma forma revela realmente a forma de pensar americana, que em pesquisas revela que 62% em média da população não só acredita no arrebatamento, mas que estará viva quando isso ocorrer, logo, tornando o serviço em tese “praticável”.
    É uma provocação direta a afirmações diretas. De fato o movimento dos neo ateístas está aumentando nos States, o único problema que eu vejo nessa abordagem é que acabam cometendo o mesmo erro das religiões, que é criando verdades 100% absolutas… E esse é o ponto mais interessante que eu acho do ateísmo, que é poder questionar questões em todos os níveis, sem se prender a verdades absolutas, apenas a fatos, podendo ser mudadas, melhoradas, e não personalizadas para aceitação geral.
    Verdades absolutas só embaçam o assunto. E a chuva de falácias vem dos 2 lados quando isso ocorre.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*
Website