Cansado de regrinhas religiosas?

Nós acreditamos que Deus cuida das pessoas porque Ele é um pai sensacional.

Sim, cremos que Deus é realmente bom e quer o bem para todos, pois Ele ama todas as pessoas sem distinção. Acreditamos que não é o cumprimento de regrinhas religiosas que farão Deus nos aceitar mais. Cremos na Graça de Jesus, ou seja: Deus nos aceita do jeitinho que nós somos!

Conheça o Café com Deus, um espaço onde pessoas que não valorizam as regrinhas religiosas se encontram para conversar sobre Deus, vida, esperança, paz e amor. Enquanto tomamos um delicioso café da manhã, trocamos experiências e aprendemos a viver com Deus no coração, sem jogar nas nossas costas regras religiosas que pesam, nos cansam, e não possuem utilidade espiritual alguma.

Deixe Jesus surpreender você, todos os domingos das 9h 30min às 10h 30min.

Share

11 comentários em “Cansado de regrinhas religiosas?

  1. Olá, Luciano!

    Primeira visita ao blog. Gostei!

    Com relação ao “estar cansado de regrinhas religiosas”, minha única preocupação é quando achamos que Deus nos ama de qualquer jeito, então eu posso pecar hoje e sempre, que ele não estará nem aí, vai me acolher de qualquer jeito mesmo… E é aí que muitos cristãos têm caído nos dias de hoje!

    Deus nos ama, sim, mas não nos quer escravos do pecado. E daí que, sim, algumas “regrinhas” básicas são muito bem vindas.

    • Olá Karina,
      Obrigado pela sua contribuição.
      veja como eu enxergo:

      -regras religiosas não salvam, o que salva é Cristo.
      -se deus for esperar a gente parar de pecar para nos aceitar, jamais nos aceitará pois jamais deixaremos de pecar.
      -sim, Deus nos ama de qualquer jeito, pois Ele não faz ascepção de pessoas. Ama o pecador contumaz tanto quanto ama o que tenta pecar pouco.
      -A isto chamamos Graça de Deus: Um favor imerecido.
      -Muitos não conseguem lidar com esta liberdade e fazem mal uso dela. Mas o fato de alguns não saberem usar a liberdade da Graça que faz com que a Graça perca seu valor.
      -Mesmoq ue alguns abusem da liberdade, não é por isso que Deus tira a liberdade de todos. As religiões não pensam assim, pois não acreditam que possam dar liberdade aos homens, pois estes pecarão. As regras é uma tentativa de evitar que a pessoa peque, mas, ainda assim, as pessoas erram, com ou sem regras criadas por homens.
      -Não precisamos de regras, mas de consciência e amor, que é o vínculo da perfeição.

      Paz!

      Luciano

      • Oi, Luciano!

        É claro que Deus nos ama, ainda que sejamos pecadores, e é claro que a Graça de Deus é algo que nunca iremos compreender.

        Mas Deus odeia o pecado. Não foi à toa que Jesus deu a advertência à mulher adúltera “vá, E NÃO PEQUES mais”. Ele podia até saber que pecar ela pecaria, mas Ele já a havia libertado do pecado do adultério, seria muito triste se ela tornasse a cair nessa escravidão.

        E, como já me disseram bem dito uma vez, que ao menos a cada semana tenhamos um pecado diferente, e não o mesmo pecado contumaz.

        Mais uma vez, se a gente afrouxar e pensar sempre que “ah, Deus me ama mesmo eu roubando/adulterando/mentindo”, por ex., nunca iremos seguir os ensinamentos do próprio Jesus “sede santos, como o Pai é santo”.

        • Hã, e apenas complementando, para algumas pessoas a própria Bíblia é um “conjunto de regrinhas chatas”.

          • de fato, o Antigo testamento é mesmo um livro de regrinhas.

            Graças a Deus que Jesus nos libertou por meio de uma Nova Aliança, onde a salvação é por meio da fé e não por meio das obras (regras).

            Abração!

        • OI Karina,
          obrigado por sua participação e por nos brindar com sua opinião.

          De fato, se “afrouxar” for uma “tentação” para você, te digo, não afrouxe, mas fixe nas regras, como uma forma de você conseguir viver o Evangelho. Esta é uma questão pessoal.

          Para as pessoas que não precisam de regras rígidas para amarem a Deus e viverem de acordo com os ensinos do Evangelho, vivam a Graça de Deus, pois, como disse o apóstolo Paulo, são maduras para “não usarem a liberdade da Graça de Cristo como pretexto para pecarem”.

          Abraço.

  2. E se estamos errados quanto a Amor de Deus? E se o Apocalipse, que nos fascina pela descrição imaginativa exuberante, for verdadeiro em todo o seu horror, esplendor e amargura? Se o inferno realmente existir e para lá não forem somente os anjos caídos (demônios), mas pessoas como eu e você criados à imagem e semelhança do próprio Deus?

    Ao responder 77 perguntas, eu creio que somente a primeira pergunta bastaria ser respondida… Segue ela:
    http://77questoes.blogspot.com/

  3. Fantástico!
    Parabéns pelo blog… gostei bastante do conteúdo! Realmente tem uma abordagem madura, simples e muito interessante de abordar temas ligados a filosofia, espiritualidade e religião…
    Paz a todos!
    Vlw…

  4. Opaa… corrigindooo! “… tem uma maneira madura, simples e muito interessante de abordar temas…” 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*
Website