Aplicativo

O PODER DO PERDÃO

 
Como disse Gandhi: “O fraco jamais perdoa: o perdão é uma das características do forte.” Perdão é, de fato, para os fortes apenas… Posto o perdão ser, em sua essência, sinceramente abrir mão de algo que se tenha direito: uma recompensa por um agravo, ofensa ou dívida financeira ou moral de outro para comigo, simplesmente  […]

A vocação a ser pessoa e a vocação à vida cristã.

O ser humano não pode se esquecer de que é pessoa, ser para o encontro, criado por Deus à sua imagem e semelhança para participar da natureza divina.
Hoje em dia não é raro que o ser humano viva negando sua própria identidade, porque muitas vezes se aliena e despersonaliza, reduzindo sua vida a uma só […]

Sucesso em 2016!

 Sempre que eu despeço de alguém, costume despedir-me desejando “sucesso!” ao meu interlocutor:
_Tchau Luciano!
_Tchau! Sucesso para você!
Mas afinal, porque me despeço desta forma? Pois, o que é sucesso?
De forma genérica, sucesso pode ser interpretado como o estado da pessoa que atingiu os seus objetivos de vida. Numa visão mais mercadológica, uma pessoa de posses é […]

SOBRE DUAS RODAS EU SOU MAIS DEPENDENTE!

Sexta-feira geralmente é dia de tirar a moto da garagem. A minha, uma HD 883, modelo clássico da Harley Davidson, foi idealizada há quase seis décadas e mesmo assim ainda é um destaque da marca, oferecendo uma gostosa experiência sobre duas rodas. A minha é pouco rodada, mas já me deu muitos bons momentos.
Parece óbvio […]

EU QUERO UM PRESENTE DE NATAL. E VOCÊ?

E quem não quer? Todos gostam de ganhar. Ganhar qualquer coisa. Rifa, sorteio e desconto. Queremos ganhar, seja movido por sentimentos mesquinhos de alcançar vantagens, triunfando sobre os demais, seja para sentir-se amado, aplacando os fantasmas da rejeição ou do infortúnio sentimental ou emocional.
Particularmente, eu amo ganhar! Sou um ser humano previsível…
Em minha infância pobre […]

VOCÊ SABE COMO ANDA SUA REPUTAÇÃO?

Me lembro de um desenho animado da Walt Disney que assisti na infância cujo roteiro mostrava de forma bem-humorada a transformação do afável [e até bobalhão] Pateta num personagem rabugento e violento.  A radical transformação do Pateta ocorria simplesmente por ele entrar em seu automóvel para enfrentar o trânsito. Esta animação foi produzida em 1950, […]