Mc Donalds

Costumo dizer que o cristianismo não acontece aos domingos nas igrejas, mas sim de segunda a sábado, no dia-a-dia.
É em nosso cotidiano que podemos mostrar às pessoas e, sobretudo, a nós mesmos, do que somos feitos. Qual a nossa essência?
Não raro temos inúmeros frequentadores de igreja que, no fundo, não passam disto mesmo: religiosos. Pessoas preocupadas com a estética religiosa, contudo descomprometidas com a ética cristã: julgadores, arrogantes, gananciosos, opressores… Mais preocupados em parecer ser do que viver o que prega. Religiosos são mestres em afastar as pessoas de Jesus.
Ir à igreja é muito bom quando o estímulo está correto. Contudo, muitas vezes os estímulos estão errados.
Alguns vão à igreja por medo de irem para o inferno.
Outros vão à igreja pensando que assim comprarão Deus.
Alguns vão apenas por hábito religioso mesmo.
Outros para terem um convívio social.
O apóstolo Paulo de Tarso nos ensina: “Não deixem de congregar”. Vamos, sim, nos congregar, pois brasa fora de braseiro apaga, mas vamos nos analisar também: O que nos estimula a estarmos numa igreja?
Ir à igreja não faz de você um cristão, assim como ir ao Mc Donalds não faz de você um hamburguer, nem ir ao cinema faz de você um astro de Hollywood.
O que importa mais são as atitudes diárias.

46 comentários em “Mc Donalds

  1. Olá Pr. Luciano. Conheci o blog através do último post do USQ e gostei muito. É importante termos blogs que falem de Deus de uma maneira que as pessoas conseguem entender, sem esquecer de passar uma mensagem para aqueles que já caminham com Cristo.

    Parabéns pelo blog. Deus abençoe.

  2. Conheci o site através do “Um Sabado Qualquer”.
    Entrei na curiosidade, mas me surpreendi. A forma como os pensamentos aqui são expressados, as imagens colocadas… até o visual do site é muito “confortável”. Adorei!

    Bem, sou cristã e quando vi essa imagem pensei “sou eu!”. Não sou aquela pessoa que frequenta a igreja todo fds ou que precisa saber tudo o que acontece por lá…
    Sempre senti que preciso ter Deus em meu coração, em minha vida meus pensamentos… Me sentia acuada quando era “obrigada” a levantar cedo para ir à missa. Gosto de orar em casa, conversar sozinha, falar com as paredes… sei que no fundo, é assim que Ele me ouve…

    Essa imagem do post é bem legal. Irei usá-la…

    Bacana o blog, continuarei a frequenter, agora que conheci =]

    Um bom dia!

  3. “Ir a igreja não faz de você um cristão, assim como ir ao Mc Donalds não faz de você um hamburger, ou ir ao cinema não te torna um astro de Holliwood”

    Acho que essa foi uma das melhores analogias que já vi. E acredito que “congregar” realmente seja muito mais que estar presente em uma igreja.
    Adorei o texto, e o blog, parabéns! Voltarei!

  4. Infelizmente a frase dita “Religiosos são mestres em afastar as pessoas de Jesus.” não passa de uma verdade que fica visível cada dia mais. A igreja de fato é uma instituição humana que acaba se preocupando tanto com as coisas desse mundo que deixam de ser aquilo que foi pregado. Hoje em dia as pessoas vêem o Cristão como um título de santidade, sendo que se vê essa “santidade” apenas dentro das 4 paredes do templo e daí vem os apelidos “Crente raimundo, pé na igreja e o outro no mundo”, “Crente da bunda quente” e etc. A igreja virou comércio, usa da humildade de muitos, a grande fé adimirável, para se beneficiar. Não lembro de nenhum momento Jesus ter cobrado por levar a palavra de Deus, tem um video no youtube onde um pastor pede para uma criança vender seus brinquedos para dar dizimo para igreja, não vi em nenhum momento Jesus julgando pela vestimenta do próximo, ou da música que ouve, não lembro de nenhum momento em que Jesus quis sair se exbindo mostrando suas vestes. Vi muito isso dentro da própria igreja, pessoas desfilando de quem tem a melhor roupa, sapato e até mesmo maquiagem, de acabarem de receber uma palavra linda de amor, e ficar na porta do templo falando mal dos próprios irmãos. Atitudes como essas envergonham o “título” de Cristão. Do que adianta eu ficar na igreja só por estar? Não, obrigado, não quero isso. Amo a Deus acima de todas as coisas, as promessas dEle na minha vida são tremendas, e seu amor me faz feliz cada dia. Não quero ficar na igreja porque me dizem que se eu não for vou me afastar de Deus, e por consequencia ser julgada como uma desviada, pecadora, q vai pro inferno. Deus não é uma obrigação. Sinto que hoje é assim que muitos vivem ” Eu tenho que ir para o culto” “Eu tenho” uma imposição que você coloca a si mesmo, antes sentia muito mais que era em verdade a adoração, o louvor. Quero humildade, quero união, se vê muito mais a presença de Deus nesses lugares, onde você abraça caloramente seu irmão e diz “A paz do Senhor, eu te amo”, difícil de se ver isso em muitas igrejas. O fato de você está em casa não te impede de jeito nenhum de adorar e louvar o Senhor de todo seu coração e manter a sua chama acesa, claro que está em comunhão é um momento muito gostoso. Enfim, infelizmente muitos cristões sujaram a imagem sim da igreja, se alguns cristões como eu tem essa imagem dela, imagina quem precisa muito mais conhecer Deus do que só ouvir falar, e olha o que é dito. Triste realidade.

    • Hadassa,

      portanto, fique perto de deus,mesmo que não consiga ficar perto de crentes…

      Contudo, sempre há um lugar onde vc possa conviver com outros cristãos pouco religiosos.

      Abraço.

      Maia

      • Não eh q não consiga ficar perto de crentes, não gosto de religiosidade, exatamente pelo fato de afastar as pessoas de Deus. Aprendi no colégio na disciplina Ensino Religioso q religião significava se religar a Deus, só q a religiosidade faz o contrário.
        Conheço sim, graças a Deus mts cristãos que sabem viver na humildade e viver de fato a palavra de Deus. Me afastar daquEle q eh por mim? Não, não. Deus eh meu pai, e eu o amo acima de tdas as coisas.
        Gostei mt do seu blog. Sempre darei uma passada aqui. Parabéns. Q Deus continue te abençoando.

        • Hadassa, você não gosta de religiosos????????

          Ufa, eu também não gosto deles,pois a religiosidade maquiou Jesus de uma forma muito feia….

          Se não gosta de religiosidade, voc~e está no blog certo.

          Abração

  5. Gostei muito deste texto e da analogia feita em seu título…Vou catar e públicar no meu blog pessoal!Conheci o Blog por conta da ultima postagem do USQ e fiquei maravilhado com este texto!Como no movimento punk, devemos ter a certezza de que visual não é nada e atitude é o que conta, e isto dentro do cristianismo é muito válido!Afinal, orar é válido, mas nunca vi criança encher a barriga de oração, tá na hora do povo correr atrás e fazer por onde nesta sociedade, então vamos fazer mutirões de arrecadação de roupas e alimentos, vamos fazer nosso papel por um mundo melhor, pois só ficar infurnado na igreja não vai mudar nada!Se é para ser cristão, que seja na atitude!

    • Certamente que sim.
      Temos que nos engajar e auxiliar os injustiçados. Não deixe de se vincular a alguma instituição, caso ainda não seja.

      Abração.

      Maia

  6. Acho interessante essa forma de falar de DEUS, hoje em dia só vemos fanáticos religiosos que enxergam o demônio em tudo. Essa forma mais leve e extrovertida é um ótimo atrativo. Gostei muito do blog.

  7. Opa, tudo bem?
    Vi o anúncio do site no “Um Sábado Qualquer”, e resolvi visitar, gosto muito de discutir sobre religiões.
    Apesar de ser ateu há 4 anos, me interesso muito sobre o assunto, é realmente compensador encontrar alguém que escreve sobre religião sem fanatismo ou querendo que os outros engulam a bíblia, mas sim falando de uma maneira leve e despretenciosa.
    Gostei do site e pretendo continuar visitando e discutindo de forma inteligente e educada sobre religião.

    Abraços,
    Guilherme Souza

    • É isto aí, Guilhereme, a intolerância religiosa que alguns crentes impõesm sobre os ateus ou que alguns ateus impõem sobre cristão é realmente algo medieval….

      Abaixo a intolerãncia religiosa!

      Abração!

      Maia

  8. Olá Pr.Luciano. Graças a dica do Ruas de “Um Sabado Qualquer”, conheci seu site.
    Sou cristã mas adoro a abordagem do Ruas pq fala de forma divertida, de um Deus diferente do que os religiosos pregam. Não acredito no Deus ditador que gosta da hipocrisia humana. Até pq ele sabe dos nossos pensamentos. Até os mais imundos. É ridiculo pensar que ao fazer “cena no teatro dominical da igreja” se compra a salvação. Não mesmo. Vai para além. Tem de haver mudança na essência de todos nós. Sermos pessoas melhores. E não, marionetes alienadas que repetem versículos para agregar fieis. ADOREI SEU POST E SEU SITE!! PARABENS!

  9. Cara, meu pai é pastor e respeito quem tem religião. Nasci evangélico mas felizmente consegui me libertar.

    Tentei ler alguns posts…mas sinceramente não dá…parei de ler na parte do Hamburger. Que associação ridícula, inconsistente e totalmente sem graça. Não existe lógica.

    Por ser indicação do Ruas achei que fosse um blog ao menos racional. Esqueci que não dá pra esperar muita lógica de religiosos, pois fé é falência intelectual. (Dan Baker)

    Ponto negativo para o Ruas.

    • Olá,

      Você não precisa gostar nem de mim nem do meu blog. Podemos viver em paz assim, pois não tenho a intenção de “converter” os que aqui visitam.

      Obrigado por suas críticas.

      Com relação ao Ruas, por favor, não seja intolerante com relaçção a ele. As pessoas devem ter o direito de pensar livremente. tentar empurrar nosso pensamento nos outros ou não tolerar opiniões distintas foi um erro brutal que o cristianismo comenteu por séculos… Este erro tem de ser banido, pois devemos pensar e deixar pensar.

      O Ruas não é melhor ou pior ao expressar suas idéias.

      Digamos não à intolerãncia religiosa, uma herança medieval!

      Abração.

      Maia

  10. Só gostaria de Dizer Luciano, que mesmo sendo de outra religião(sou espírita) acredito sim que o que disseste é bem verdade, apenas ir a uma reunião, missa, culto, não te faz cristão, agora, fazer aos outros apenas o que queres feito a ti, amar os inimigos, tratar todos com igualdade, fazer caridade(sem esperar nada em troca), tratar com amor, enfim, seguir as máximas de Cristo, isso sim te faz um cristão, seguí-las sem fazer mau a ninguém, acho que se todos fizerem isso, ai sim nosso mundo será um lugar melhor!
    “Quando Cristo habitar no coração de TODOS, então não teremos mais motivos para brigas, discussões ou guerra, pois tudo será paz, amor e concórdia!”(Anônimo)
    Só pra fechar, se quisermos ser cristãos, sigamos então a oração de São Francisco e “Onde houver trevas que eu leve a luz!” Obrigado Luciano por momentos como esse de contato e conversa com Deus!

  11. Oi, Luci 🙂 Também conheci seu blog pelo USQ, que coisa, não? Sou uma cristã sem igreja fixa. Na verdade, acredito que minha igreja é minha comunidade. Quem sabe aqui não será mais uma parte da “minha igreja”, né? Depois vou ler seus posts com mais atenção, aguarde mais visitas minhas 😉

  12. Vim pelo USQ, sou evangélico e quase nunca vejo maldade na tirinha..aposto que Deus deve dar umas risadas também, entrei meio desconfiado aqui no site, mas vi que o pessoal daqui é como eu , crente de verdade, mas cabeça aberta, tem a mente renovada, como Paulo diz em romanos 12! Curti bastante acho que virei frequentemente, Valew Ruas

  13. Boa noite. Muito bom seu blog, tá de parabéns. Precisamos de blogs que falam de cristianismo, não de protestantismo ou catolicismo apenas. Além de sermos, talvez, destas religiões, mais importante é o amor de Cristo que une a todos e não faz distinção. Participo todos os domingos da Missa, como forma de buscar forças pra minha vida semanal, mas vou por amor à Deus, não por amor próprio. Creio que o tempo que tiro pra ir à Igreja não é em vão. É bom ouvir a palavra do Senhor pra colocá-la em prática na semana. Parabéns pelo blog mais uma vez.

  14. Parábens pelo post e pelo blog, simples e direto, vou divulgar por ai!

    continue postando conteúdos interessantes!

    Abraço!

  15. Esqueci de mencionar que conheci o blog através do Um Sábado Qualquer!

  16. Muito bom. Gostei bastante, continue assim cara. Sucesso!(um sábado qualquer não mentiu, é um ótimo blog estou perseguindo a partir de agora).

  17. Aproveitando o momento,vou contar quando estive mais perto de Deus.

    Estive mais perto de Deus esse ano,em Janeiro,durante os deslizamentos no Rio.Enquanto muitos ficam na Internet,falando de conspirações,fim do mundo,ou coisas do tipo,ou só fazendo rashtags,eu servi 3 dias de voluntário na Cruz-Vermelha,carregando e descarregando carretas,entre outras coisas.Eu devo ter carregado mais de 1 tonelada nas costas ao longo desses 3 dias.A troco de que?
    De uma marmita no almoço,doada pra nós,e do brilho no olhar nas pessoas.É emocionante,ver pessoas que nunca se viram,nunca mais se encontrarão,se ajudando,em prol de uma boa causa.Deus é isso.É felicidade,é doação,é ajuda.

    \o/

    • Sensacional, Guilhereme, continue com este espírito doador. mesmo que não venham mais deslizamentos, certamente que existem outros tipos de necessitados próximos de você. Não desista de fazer o bem e sim, assim você vivendo o amor de Deus. Parabéns e continue assim, compartilhando suas experi~encias pela internet, para que outros possam ler sobre estes exemplos e possam se sentir estimulados a copiar.

      Comigo não é diferente, nas vezes que estou lá no trabalho social que realizamos num bairro miserável é que me sinto dentro da vontade de Deus.

      Abraço!

      Maia

      • Luciano,as vezes eu me pergunto,se eu estou certo,ou se eu estou errado,porque,eu penso que Deus se manifesta das mais diversas maneiras,traduzindo isso nas mais diversas línguas e culturas.

        Eu gosto de ajudar os outros,mas,além disso,eu procuro sempre ser tolerante,aceitar o outro.Ele pode ser espírita,pode ser evangélico,rico,pobre,negro,amarelo,mulher,velho ou criança.Eu vejo como uma lição de Deus.Nós nascemos todos no mesmo globo de terra.Ok,é muito bom ficar do lado que quem pensa como você,é “igual” à você.Mas eu defendo a idéia de que nós nascemos diferentes PROPOSITALMENTE.

        11 – Não julgueis, pois, para não serdes julgados; porque com o juízo que julgardes os outros, sereis julgados; e com a medida com que medirdes, vos medirão também a vós. (Mateus, VII: 1-2).

        É muito fácil,infelizmente,para muitos irmãos,falar “Você é pecador,você é errado”,e não aceitar uma opinião contrária,que é,inclusive,um direito constitucional,o princípio do contraditório,de contradizer o que dizem a respeito de você.É algo muito simples.Dê bom dia ao irmão,seja ele como for.Dê um sorriso à ele.Todo mundo quer ser aceito.Mas como você pode se aceitar,se você não aceita o outro?

        Deus nos ama,de um jeito que só Ele sabe.Vamos nos amar também.Viemos do mesmo Pai.Religiões dividem as pessoas.Vamos pregar o amor,o respeito,a cidadania,a boa convivência,AINDA QUE NÃO COMPARTILHEMOS DA MESMA CRENÇA.

        Cara,digo e repito: é muito fácil aceitar o espelho.O difícil é aceitar o diferente.

        Continue com seus textos,e sua boa música!

        Ass,Guilherme.

  18. Tambem conheci o site através do USQ, quis, a principio, comentar para concorrer apenas ao deus de pelucia, mas confesso que me senti cativado pelo blog, afinal é dificil ver alguém tratar de um assunto importante com tamanha simplicidade, de maneira que se torna uma leitura agradavel. Adorei o blog pq ele conseguiu me fazer ler cada post e gostar, mesmo eu sendo ateu…
    Gostei da maneira como seu ponto de vista é passado, poder mostrar a beleza de sua crença com bom humor, respeito e simplicidade é um dom que certamente poucos possuem, parabens por tê-lo e mantenha o site nesse nível, pois vc faz da sua crença uma poesia para todos aqueles que adoram a arte do pensar, do conhecer e de viver!!!

  19. Cara essa imagem diz realmente o que ocorre nas igrejas hoje, pessoas tão preocupadas com o status e com as aparências que realmente não são cristãos indo congregar e sim pedaços de carne sem vida, maquiados para esconder quem realmente são, vivo em uma época em que pessoas que se dizem cristãos criticam as pessoas que não vão às igrejas, mas secretamente, vivem suas vidas de forma pior que os não evangélicos, sou cristão e sou humano, reconheço que muitos humanos sintam necessidade de se sobreporem os outros mesmo que essa forma seja derrubando o próximo, desta forma se você vai a uma igreja sem expor seu coração você vai ser um hambúrguer que vai a igreja, ou seja so um pedaço de carne.

    gostei muito parabens pelo blog

    • Daniel, hipocrisia eh realmente uma coisa muito triste, e temos visto muitas pessoas cristas e nao-cristas que caem nesta armadilha da alma.
      Volte sempre e vamos nesta, sem achar que somos melhores que os outros.
      Maia

  20. Parabéns Luciano Maia, se todos os religiosos independente na igraja cristão que congrega tivesse estes pensamento não teriamos tantas pessoas achando que é melhor que outras pelo simples fato de ir em outra igraja que no seu pensamento é melhor que a outra, mas quando essa mesma pessoa parte para a pratica, não faz metade do que grita, na verdade não é IGREJA fora do TEMPLO. paz e bem.

    • De fato, ninguem eh melhor que ninguem e DEUS NAO FAZ ASCEPCAO DE PESSOAS, pois Ele nos ve da mesma forma. Nos que, em nossas arrogancias nos achamos melhores que os outros porque acreditamos ou porque nao acreditamos em Deus.
      nao sejamos arrogantes.

      Abracao e volte sempre.
      maia

  21. Perfeito o post, vem de encontro com o que penso.
    Assi como ir à Igreja não faz de vc um Cristão e sim nossas atituddes, não ir à Igreja aos domingos não faz de vc um pecador, desde que nossas atitudes sejam condizentes com um Cristão e com os ensinamentos nos passado por Deus em suas escrituras.
    Ganhou um frequentador!

  22. Amigos,

    Conheci o blog e gostei do conteúdo, bem como a forma que aborda o evangelho.

    Peço apenas aos cristãos, que tem o conhecimento da palavra, que sabem o significado real de ler a palavra de Deus, que não falem sobre as igrejas, como o apóstolo Paulo disse: “Congregar é preciso”
    É de suma importância que os comentários aqui postados sejam para a edificação, e que transmitam o conhecimento necessário sobre esse Deus maravilhoso que habita em nós, em nossa família, em nosso dia-a-dia.
    Desejo que este blog seja um canal de bençãos, um canal que transmita a mensagem do evangelho de forma genuína e pura… Não falem da igreja, falem do evangelho que é luz para o mundo!

    Att,

    Elizeu.

  23. Gosto muito do blog. Cheguei aqui atraves de Um Sábado Qualquer, e me identifiquei completamente.
    Parabéns pela iniciativa de falar de Cristo de uma forma que seja para todos.
    Sou cristã, me decepcionei um pouco na igreja, mas continuo sincera no meu coração e tenho minhas fé convicta.
    Admiro o blog e estou sempre aqui, tomando um cafezinho!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*
Website