NÃO SEI O QUE DEUS FARÁ.

Confesso: não consigo mais dizer “Deus fará isto.”
Quando algum caso específico chega até a mim não tenho mais condições de afirmar e reafirmar: Deus fará ISTO na sua vida.

Até porque, o que Deus faz? Eu sei o que Deus já FEZ!

Assim, os inúmeros tesSODAtemunhos do que Deus já fez na vida de tantos irmãos, nos relatos das Escrituras Sagradas, na história do mundo, na história da Igreja, faz florescer uma única certeza: a esperança.

Mas o que Deus já fez?

Ele já curou, ressuscitou, transformou, livrou, guardou e interveio em realidades.

Assim como já não curou, não livrou da morte, não resolveu situações, não guardou e não interveio em realidades.

O que Deus fará? Não sei.

O que Deus já fez? Inúmeras formas e meios de revelar sempre uma verdade: Ele é o Pai-Senhor sobre nossas vidas, soberano sobre tudo e todos e que sempre está com seus Filhos-servos. E nisto consiste a minha esperança!

Confesso: não consigo mais dizer “Deus fará isto”!

Quando alguém com uma enfermidade chega até mim, não consigo mais dizer: Deus vai te curar, Deus vai te tirar desta UTI, Deus não permitirá que você morra. Oro por isto, clamo a Deus por isto e creio que não há impossíveis para Deus.

Mas já não afirmo: Deus irá te curar!

Há não muito tempo atrás, conseguiria dizer.

Não sei se perdi a coragem ou se perdi a ingenuidade. Confesso, há uma linha muito delicada entre estes dois polos. Por um lado, perder a ingenuidade revela maturidade e consciência de que Deus é o Senhor e somos seus servos, filhos-servos de uma Pai-Senhor, e que assim sendo, é a vontade e o querer de Deus que se realiza.

Perder a ingenuidade é deixar de acreditar em palavras de ordem proferidas a Deus, é deixar de acreditar em promessas feitas, em nome de Deus, mas que na verdade não contém a Palavra de Deus, mas apenas nossos desejos e vontades.

Agora, por outro lado, perder a coragem é perder a ousadia, confiança e intrepidez, características tão marcantes no testemunho de fé da igreja ao longo dos séculos. Não quero perder a coragem, mas não quero ser ingênuo!

Assim, posso continuar pedindo e apresentando a Deus minhas demandas, mas agora sem tentar dizer a Deus o que ele deve FAZER.

Prefiro perguntar: o que o Senhor quer que EU FAÇA?

Afinal, acredito que Deus já saiba o que Ele `deve` fazer… sou eu que ainda não sei.

Marlon Camacho
Julho/2015

 

2 comentários em “NÃO SEI O QUE DEUS FARÁ.

  1. Acho que quando declaramos na vida de alguém que ele será ou está curado usamos fé. Como sem ela não conseguimos agradar aí Pai, não podemos alcançar resposta se já não antevemos o resultado. Assim eu creio. Fe e o firme fundamento, a certeza, a materialização de uma verdade antes apenas espiritual, para o mundo físico ou natural. Deus liberou um poder real através da morte de Jesus, i nome Dele e a chave para acionar esse poder e a fé a ferramenta. Abraços.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*
Website