O BAIXO MERETRÍCIO É A MINHA PARÓQUIA

Atire a primeira pedra quem não tem pecado. Como somos bons de mira… Impressiona-me a capacidade que temos de julgar as pessoas. Conceitualmente até compreendemos que todos temos defeitos e que pecamos, todos somos falhos, mas, na maioria das vezes este é apenas um conceito racional que não é emocionalmente introjetado.

Ontem foi o Dia Internacional da Mulher e eu tive o privilégio de, junto com aguns jovens, ir para a “boca do lixo” levar rosas para as prostitutas de rua, mulheres que são tão mulheres, mães, filhas e irmãs como todas as nossas, mas que suas escolhas ou suas “falta de escolhas” as empurraram para uma vida de pouca dignidade.

Entreguei duas rosas para duas delas e desejei um Feliz Dia da Mulher. Elas me abriram um sorriso especial em encabulado agradecimento, dizendo: “É a primeira rosa que eu ganho…”

Teve também a Lílian, que pegou a rosa com muita alegria, realmete agradecida, quase sem acreditar… Minha companheira pediu que ela lesse o poema que estava afixado na rosa. Ela emocionou-se, pediu uma oração, disse que a vida estava muito complicada para ela…

Histórias e mais histórias de pessoas que são a imagem e a semelhança de Deus, mas que estão nesta vida, aparentemente fácil, conforme o julgamento de alguns. Entretanto são vítimas do pecado próprio (que todos nós cometemos diariamente), são vítimas de uma sociedade que não ofereceu muitas opções, fruto da baixa escolaridade… Vítimas do preconceito generalizado, inclusive de pessoas ditas religiosas, mas que são incapazes de fazer o que Jesus fazia: Sentar com estas mulheres e as chamarem pelo próprio nome, mas não pelo apelido generalizado: “Vagabunda!”

No caso destas mulheres, a redenção é um caminho penoso. Atire a primeira pedra quem não tem pecado.

Dois travestis pediram oração e conversaram muito conosco. Dissemos que as rosas eram para as mulheres, mas eles eram homens, mas acabamos por dar a rosa também, para alegria deles. Contaram do seu sofrimento e pediram oração e emprego. Eles querem trabalhar para sair da rua. Quem poderá arrumar emprego a eles?

Não podemos julgar a ninguém.

Impressiona-me algumas palavras de Jesus, que nada tem a ver com as palavras dos religiosos em geral. Quando todos ultrajavam uma mulher adúltera buscando apedrejá-la, Jesus não a defendeu, mas apenas permitiu que a platéia cheia de corações de pedra no peito e de julgamentos nas mãos refletisse nesta sentença: “Atire a primeira pedra quem não tem cometido erros”. Em seguida, logo que todos se foram acusados pela própria consciência, Jesus olhou para a mulher e disse: “Ninguém te acusou? Eu também não te acuso: Vá e não peques mais”.

Ah! Jesus sempre tem uma nova chance para todos.

Noutra oportunidade Jesus novamente nos surpreende. Quando ele conversava com religiosos cheios de pompas e de circunstâncias, cheios de regras, cargos, normas e bons comportamentos, cheios de auto-suficiência religiosa, de santidades canônicas e liturgias humanas, mas vazios de justiça e de amor às pessoas, Jesus afirmou: “Prostitutas vos precederão no Reino dos Céus” (Mt 21,28-32).

Penso cá eu com os meus botões: Posto as prostitutas estarem adiante de mim no Reino dos Céus, é bom que eu dê a elas ao menos uma rosa no Dia da Mulher: uma questão de respeito hierárquico!

Quanto a você, busque ser mais “mal de mira”, para que suas palavras, julgamentos ou acusações não atinjam a vida de ninguém, posto você também ser um alvo potencial. No lugar de pedras nas mãos, leve rosas no coração.

 

LEIA TAMBÉM “A RAVE É A MNINHA PARÓQUIA”. BASTA CLICAR NESTE LINK AQUI E VOCÊ SERÁ DIRECIONADO.
—————————————————————————

 

Os dois filmes abaixo falam do preconceito, que é um tipo de julgamento. No caso, estes filmes não são sobre o preconceito contra as prostitutas, mas de outro tipo de preconceito, também imbecil e diabólico: O preconceito racial.

OK! Depois de um assunto tão sério, agora é hora de diversão, para rir e relaxar um pouco.
Se você é moralista e se for daqueles que andam com pedras nas mãos, NÃO ACESSE O VÍDEO ABAIXO para que você não peque mais uma vez. Caso contrário: Divirta-se com Chico Anysio.

Share

19 comentários em “O BAIXO MERETRÍCIO É A MINHA PARÓQUIA

  1. Parabéns pela atitude de amor……….
    Acho que tem delas que nem sabe sobre o dia da mulher…

    O Senhor te abeçoe…

    Assis

  2. Parabéns pela atitude de amor……….
    Acho que tem delas que nem sabe sobre o dia da mulher…

    O Senhor te abeçoe…

    Assis

  3. Querido pastor Luciano,

    Que a doce Paz de Cristo lhe encontre neste dia!!

    Quero lhe dar os parabéns por seus artigos e em especial esse do dia das mulheres. Que coisa linda e que maravilha!! Por favor quando for fazer algo parecido novamente me chame, pois o lixão, os presídios, as ruas o mundo tambem é minha paróquia! Que maravilha!! que Deus continue te abençoando, parabéns que a mão poderosa do Senhor lhe ajude hoje e sempre!!
    Sua amiga,

    Prª Vânia Saminêz

  4. Meu irmao, que Deus continue inspirando e fortalecendo a voces….

    Episcopisa Marisa

  5. programei o texto no meu blog, querido.

    parabéns pela iniciativa!

    abração
    Sérgio Pavarini

  6. Li e achei maravilhoso ,,,parabéns pela coragem em expor aos nossos olhos nossas fraquezas espirituais….

    Kelly Cristina

  7. Jesus ama as prostituas, e muitos crentes também, visto que as usam com frequência (só não contam para ninguém)…

    Ótima reflexão, e que nosso olhar não se empedre frente à decadência desse mundo, que possamos ter misericórdia frente ao pecador, e não pedras!

  8. Muito bom, parabéns!!
    Tapa na cara esse, mas valeu!
    Deus abençoe

  9. É isto ai, li e gostei.
    Atirar a primeira pedra não é para ninguém, pois só de abaixar para pegar a mesma, a coluna trava com o peso da culpa.
    Um grande abraço a você, Vidigal

  10. “Que texto lindo! Estou emocionado!

    É por este protagonismo verdadeiramente cristão que minha alma se enche de alegria, de esperança! Ainda é possível encontrar os filhos de Deus nesta terra tão sofrida! Ainda é possível ver a face de Cristo em sua Igreja! Ainda é possível !! (eu estou chorando neste exato momento… sério!)

    Em meio a tantas imagens distorcidas de Deus e de seu corpo, um texto como este nos permite vislumbrar o verdadeiro Deus e seu verdadeiro corpo!

    Obrigado por postar este texto tão lindo! Você ministrou a paz de Cristo na minha alma neste exato momento!”

    Diogo Bcohio

  11. Marivolhoso irmão, que Deus continue te usando como filho e ministro do evangelho.

    Luiz Carlos

  12. Cláudio Nunes Horácio disse…
    Caracas! Este foi o melhor artigo que já li sobre as coitadas das kengas. Parabéns! A elas que nos precedem no Reino, meus respeitos, pois meus pecados não são mais leves e nem menos graves que o delas. O problema é o pecado que somos e não o que praticamos. Eu amo essas mulheres.

  13. Dou meus parabens para o Pr. Luciano Maia por alguns motivos: Por lembrar-se do dia internacional das mulheres; por escrever um texto voltado para elas, por visitar as prostitutas e lembra-las de que alguem as amam de verdade e que elas podem com a graça de Deus se tornarem ex-prostitutas e chegar nao somente antes, mas chegarem no ceu no lugar de religiosos sem conversao e novo nascimento. Deus abençoe voce Pastor. Bispo adonias

  14. Eu me alegro em ler esse tipo de matéria, em saber que ainda existem pessoas com o verdadeiro amor pelo outro,isso mostra que é simples seguir ao mandamento “Amai ao próximo como a ti mesmo” independente de raça, credo, cor, opção sexual etc, continue assim Luciano, vc hoje me deu mais uma lição de vida, e com certeza observarei as nossas mulheres com outros olhos.

  15. as prostitutas honestas que frequentam o baixo meretrício poderão sim receber o perdão divino mas aquelas atrizes pornôs já está com seu caminho em direção ao inferno.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*
Website